terça-feira, 1 de janeiro de 2013

A Vereadora e o Mandato


Com o slogan “Os animais não votam, nós votamos por eles” e um folder muito simpático em forma de patinha, Lourdes Sprenger (PMDB) entrou para a história de Porto Alegre ao ser a primeira vereadora representante da causa animal a ser eleita na Capital do Rio Grande do Sul.

Com 4.402 votos, Lourdes é um dos 15 novos nomes na Câmara Municipal de Porto Alegre e uma das cinco parlamentares titulares do sexo feminino. A vereadora fez votos em todas as zonas eleitorais da cidade, significando que o engajamento à sua campanha não se restringiu ao bairro onde mora ou ao conhecido “curral eleitoral” de candidatos.

Durante a campanha eleitoral, 3 lideranças políticas se referiram a Lourdes. O ex-prefeito José Fogaça, que na época sancionou duas leis - "Programa de Proteção dos Animais Domésticos" e "Fim das Carroças", disse: "quanto eu pessoalmente aprendi com a Lourdes".

Já o vice-prefeito Sebastião Melo apresentava: "A causa é a nossa cidade, a causa é a causa animal. Nós nos orgulhamos muito em apresentar para a cidade uma mulher preparada para ser uma bela vereadora dessa cidada.

"Uma cidade evoluída só merece esse título quando também protege seus animais, e isso a Lourdes tem liderado aqui em Porto Alegre", concluiu o ex-vereador Beto Moesch, advogado especialista em Direito Ambiental e ex-secretário do Meio Ambiente.

Como nenhum dos três vereadores da legislatura anterior - que elaboraram leis de proteção animal - segue na Câmara em 2013, Lourdes Sprenger formará uma nova bancada de defesa dos animais.

Lourdes Sprenger tem sua contribuído pelo menos desde 2003 como protetora voluntária com a causa animal, tendo também trabalhado como assessora na Câmara Municipal.

Ainda destacam-se entre suas ações: liderança na participação efetiva de protetores de animais no Fórum de Bem-Estar Animal (2002-2008); liderança pela aprovação do Programa Municipal de Proteção Animal - que estabeleceu o fim do extermínio de cães e gatos no Canil Municipal (2005) e Fim da Circulação das Carroças (2008); colaboração na criação da Coordenadoria de Políticas Públicas para Animais Domésticos - Comppad (2009). Entre 2010 e 2011, trabalhou na Prefeitura de Porto Alegre, primeiro na Comppad, articulando projetos, como o Fundo Pró-Animal, Adote um Cavalo, Ressocializa Cães Bravios e a implantação de unidades móveis para transporte e esterilização de animais da periferia.Também participou da equipe da própria criação da SEDA (Secretaria dos Direitos Animais), da qual foi sua primeira chefe de gabinete, atuando no grupo que consolidou a legislação municipal de proteção animal em uma única lei (Lei Complementar 694/2012).

Lourdes Sprenger, nasceu em 11 de fevereiro em Gravataí. Bacharel em Ciências Contábeis  e auditora, fez carreira na estatal CEEE. Atuou em entidades classistas da área contábil e de auditoria, associações comunitárias da Zona Sul da Capital, sendo sócia-fundadora da Associação dos Proprietários e Moradores da Vila Asssunção (APROVA).